domingo, 2 de dezembro de 2012

PSD, CDS-PP e Presidentes das Juntas de Freguesia de Mira Sintra, Agualva, Cacém e São Marcos - Os Coveiros das freguesias da cidade de Agualva-Cacém.


Foto: www.tudosobresintra.com

O governo PSD/CDS-PP, através da Unidade Técnica para a Reorganização Administrativa do Território, apresentou na Assembleia da República no passado dia 02 de Novembro duas propostas, que promovem a extinção por agregação das quatro Freguesias da Cidade de Agualva- Cacém – Agualva, Cacém, São Marcos e Mira Sintra.

Uma dessas propostas VISAVA INCLUSIVE E ABSURDAMENTE retirar a freguesia de Mira Sintra da cidade de Agualva- Cacém, passando-a para Rio Mouro e ao mesmo tempo criar uma Mega freguesia, com cerca de 75 mil habitantes, composta pelas atuais freguesias de Agualva, Cacém e São Marcos, que são extintas.

A extinção das quatro freguesias de nossa Cidade, que resulta única e exclusivamente da vontade do Governo e da Câmara Municipal de Sintra PSD/CDS-PP, é também uma consequência direta da ausência reivindicativa dos quatro presidentes de Junta, que não souberem zelar pelos interesses das gentes de Mira Sintra, Agualva, Cacém e São Marcos.

Os quatro presidentes de Junta do PSD, de forma deliberada e incompreensível, votaram contra a proposta apresentada na Assembleia Municipal pelo PS, CDU e BE que propunha a manutenção das quatro freguesias da nossa Cidade – Agualva, Cacém Mira Sintra e São Marcos –, mostrando não estar a altura da confiança daqueles que neles votaram e que em momento algum os mandataram para extinguir freguesias.

Preparam agora, PSD/CDS-PP local e Nacional, o Funeral das nossas Freguesias!

O PS de Agualva-Cacém manifesta, mais uma vez, o mais veemente repúdio e preocupação pelas consequências que advirão pela desagregação das quatro freguesias de Agualva-Cacém.

O PS de Agualva-Cacém.

Sem comentários:

Publicar um comentário